COMO FOI O PROCESSO CRIATIVO DA ESCOLINHA DO PROFESSOR RAIMUNDO

thumb

Vamos a Escolaaaa, toda hora é horaaaa!

Rosquinhas, o segundo vídeo do canal está no ar e já estamos na área novamente 😀 Pra você que não estava sabendo, nessas últimas semanas estivemos OFF na Borogodó porque nos mudamos de país! Bom, parte de nossa trupe ficou em terras tupiniquins, mas agora resolvemos expandir os horizontes, estudar aqui no Canadá e nos tornarmos pessoas mais legais, sinceras e amigas. Bom, mas isso é tema de ouuutro post! Esse aqui é dedicado exclusivamente ao processo criativo do nosso mais recente projeto pessoal, da Escolinha do Professor Raimundo. Lógico que todo criativo que se preze ama saber os bastidores de projetos de ilustração, então to aqui pra compartilhar! Estamos super felizes com o resultado do projeto, que nos rendeu posts bem queridos em lugares como Zupi, Comunicadores, Follow the Colours, um email cheio de dengo do Canal Viva e um snap da diva Dani Calabresa (que interpreta a the one and only Catifunda, nessa nova versão da escolinha do Professor Raimundo).

Bom, bora assistir o vídeo sobre Processos Criativos e fazer todo aquele trem de coisas que vlogueiros pedem: curtam, compartilhem e assinem o canal, porque coisas lindas virão.

E eu volto, é vapt-vupt. hehe.

banner_blog_post_5areas

Quero saber + sobre isso!

COMO ESCOLHER SEU SKETCHBOOK… UNI-DU-NI-TÊ!

follow-the-colours-como-escolher-seu-sketchbook-sem-arrependimentos2

Em tempos de softwares, tablets e uma boa parte da vida profissional em frente a um computador, sempre que recebo um email de alguém perguntando sobre o universo analógico, me emociono profundamente. 

Porque na minha cabeça (e de tantos outros ilustradores) o sketchbookesse livreto de páginas em branco cheio de potencialdeveria ter muito mais relevância na vida de um ilustrador do que qualquer tablet ou software. Sim, eu sei. A gente se deslumbra, eles facilitam a vida, mas estamos falando de papel, a ferramenta mais primária e insubstituível na vida de quem trabalha com ilustração. 

Lá no Curso Carreira Ilustrador (que se você não tá sabendo, é lindo e tá aqui ó) dedico um dos capítulos pra falar exclusivamente do sketchbook: como ser mais produtivo e como escolher o ideal. Porque agora temos tantas infinitas opções, que isso também é a causa de muita confusão e o risco de rolar uma compra mal feita. Por isso, aqui eu selecionei algumas dicas de coisas que você deve levar em consideração na hora de escolher seu sketchbook-amigo:

Quero saber + sobre isso!

Inspiração: A menina que não desenhava chão

ilustra_eunãodesenhava

Oi ilustríssimos! Como vocês estão?!

Bom, pra quem nos segue há mais tempo deve lembrar q tínhamos um blog e acabamos deixando ele desativado porque não estávamos conseguindo conciliar com nossas agendas! Mas voltamos, eu volteiiii, voltei para ficaaar! E tá tudo de cara nova, linda e com a pretensão humilde de ser o blog mais gente boa do pedaço para ilustradores de todo Brasil. Vão rolar dicas aos moldes do Curso Carreira Ilustrador, conteúdo honesto sobre desenho e administração de carreira, processos criativos, além daquelas reflexões básicas que todos precisamos tirar um tempo pra fazer. Aí vocês me dizem se tudo isso é uma boa ideia e se querem q eu fale de algum assunto específico, combinado?

Comecemos com um textinho inspirador, sobre uma menina que não desenhava chão:

Quero saber + sobre isso!

Porque todo ilustrador deveria visitar a Disney

IMG_5420

Você pode falar que não gosta muito da Disney. Que lá é lugar de criança e você como bom adulto quer explorar lugares de gente grande. Que não gosta muito de brinquedos e não se encanta com desenhos animados. Há ilustradores que acham que tudo é uma grande repetição. Críticas à parte, até os que não curtem, não podem negar o tremendo sucesso que a Disney tem há décadas e como isso afetou e afeta as referências que temos na vida, principalmente na ilustração 🙂

Quero saber + sobre isso!