Inspiração: A menina que não desenhava chão

ilustra_eunãodesenhava

Oi ilustríssimos! Como vocês estão?!

Bom, pra quem nos segue há mais tempo deve lembrar q tínhamos um blog e acabamos deixando ele desativado porque não estávamos conseguindo conciliar com nossas agendas! Mas voltamos, eu volteiiii, voltei para ficaaar! E tá tudo de cara nova, linda e com a pretensão humilde de ser o blog mais gente boa do pedaço para ilustradores de todo Brasil. Vão rolar dicas aos moldes do Curso Carreira Ilustrador, conteúdo honesto sobre desenho e administração de carreira, processos criativos, além daquelas reflexões básicas que todos precisamos tirar um tempo pra fazer. Aí vocês me dizem se tudo isso é uma boa ideia e se querem q eu fale de algum assunto específico, combinado?

Comecemos com um textinho inspirador, sobre uma menina que não desenhava chão:

Quero saber + sobre isso!

Como a sua bagagem pode te ajudar a ser um ilustrador mais feliz

capa_2

Acredito que a ilustração sempre fez parte da minha vida, desde que eu era um bebê gordinho e esbugalhado. Lembro de um travesseirinho dos Ursinhos Carinhosos, de uma manta com ilustrações de crianças representando signos… eu amava. Lembro como eu poderia ver a propaganda da Faber-Castell em looping eterno, sem tédio algum. Com uns 8 anos, eu lia todos os dias a Turma da Mônica antes de dormir, porque tinha um problema terrível de insônia. Depois fui “roubando” as HQs do meu irmão: Superman, X-Men, Spawn. Os desenhos animados, nem se fala. Caverna do Dragão, Jetsons, Looney Tunes, era ilustra pra todo lado.

Quero saber + sobre isso!

Porque todo ilustrador deveria visitar a Disney

IMG_5420

Você pode falar que não gosta muito da Disney. Que lá é lugar de criança e você como bom adulto quer explorar lugares de gente grande. Que não gosta muito de brinquedos e não se encanta com desenhos animados. Há ilustradores que acham que tudo é uma grande repetição. Críticas à parte, até os que não curtem, não podem negar o tremendo sucesso que a Disney tem há décadas e como isso afetou e afeta as referências que temos na vida, principalmente na ilustração 🙂

Quero saber + sobre isso!